Cálculo do empréstimo pessoal
Cálculo do empréstimo pessoal
Emprestimos

Cálculo do empréstimo pessoal

42 Partilhas

Cálculo do empréstimo pessoal

Quando estamos em situação complicada no aspecto financeiro tomamos atitudes diversas, e uma das mais comuns é tomar um empréstimo pessoal.

O cálculo do empréstimo pessoal é um cálculo de empréstimo ofertado por uma instituição prestadora de serviço de crédito a uma pessoa física, ou seja, uma pessoa comum como você, e não a uma empresa, por exemplo.

Talvez o maior cuidado na hora de tomar um empréstimo pessoal seja pesquisar bem a respeito da taxa de juros, prazos e parcelas do empréstimo.

É importante ver quanto você vai pegar de empréstimo, e quanto vai pagar no fim de tudo, ou seja, quanto esse dinheiro vai custar para você.

Aqui você vai entender melhor como é feito esse cálculo do empréstimo
pessoal, para saber realmente quanto você vai pagar e escolher a melhor instituição de crédito, prazos, parcelas e juros, de acordo com a sua legítima capacidade de pagamento.

Capital, juros, prazos e montante

Essas expressões advêm da matemática financeira, mas não devem ter assustar, já que iremos explicar de forma simples e direta.

Para você entender melhor, vamos explicar como e o quê são as expressões do subtítulo acima e por que são essenciais para o cálculo do empréstimo pessoal.

Capital

Capital é o valor inicial da operação, ou seja, é o dinheiro posto na mesa no começo de tudo.

Como estamos falando de cálculo de empréstimo pessoal, o capital é o valor que você vai pegar emprestado.

Esse valor é usado como referência para tudo de agora em diante. Se você pegar R$ 1000,00 emprestado, o capital será de R$ 1000,00.

Juros

Juros provavelmente é o termo mais conhecido por todos quando o assunto é cálculo do empréstimo pessoal.

Os juros são a remuneração do banco ou instituição financeira pelo tempo em que a instituição vai ficar sem o dinheiro.

Prazos

Os juros são calculados em um período específico.

Quando a parcela de pagamento é mensal, a taxa de juros é de 5%, e o empréstimo é de dez meses, o juro simples seria de 50%, mas não se esqueça de que em quase todas as modalidades de cálculo do empréstimo pessoal são através de juros compostos, que logo serão explicados.

Montante

Montante é o que você vai querer saber, pois montante é a parte do cálculo do empréstimo pessoal é a soma do capital, mas os juros, ou seja, o total que você vai pagar ao longo de todas as parcelas.

É exatamente que você vai pagar para o banco ou instituição financeira.

Fórmula do montante

Não precisa se assustar ao ler o nome fórmula, que é o que costuma aterrorizar todos nós, não apenas na escola como sempre.

A fórmula, para ficar mais simples, vai ser em forma de letras, a letra M, representa o montante, a C, representa o capital, a letra i, representa a taxa de juros compostos, e a letra n representa o prazo.

Que fique claro que tudo vai depender da forma de pagamento, se as parcelas forem mensais, o prazo será na forma de meses.

A fórmula para calcular o montante do cálculo do empréstimo pessoal é M = C(1+i) n.

Com essa fórmula você vai saber quanto realmente vai pagar no empréstimo.

42 Partilhas