Emprestimo pessoal para negativado
Emprestimo pessoal para negativado
Emprestimos

Empréstimo pessoal para negativado

70 Partilhas

Empréstimo pessoal para negativado

Estamos em plena mudança de governo e a economia parece que nunca se
recupera de forma confiável.

O desemprego é altíssimo e muitas pessoas até desistiram de buscar uma vaga, e quando a economia der sinais mais claros de recuperação, esse contingente de desalentados vai voltar a buscar emprego, e o desemprego vai continuar alto ainda por muito tempo.

Quando perdemos o emprego, sofremos algum acidente ou adoecemos as contas não param de chegar, as necessidades básicas e as prestações continuam existindo, o que causa o aperto financeiro.

Esse aperto leva a atitudes drásticas, como o uso do cheque especial, o
pagamento mínimo do cartão de crédito, parcelamento das contas, entre outras atitudes que só retardam o pior, a quebra da qualidade de vida.

As formas de solucionar isso são muitas, e a melhor delas é apertar o cinto,
renegociar dívidas, reduzir gastos, reduzir a qualidade de vida.

Entretanto, muitas vezes a bola de neve é tão grande que mesmo com todas as atitudes de reeducação financeira tomadas o dinheiro não é o bastante, as contas são negativadas e até pedir um empréstimo se torna difícil, sobrando a modalidade de empréstimo pessoal para negativado.

No Brasil existem mais de 60 milhões de inadimplentes, ou seja, o mercado
para o empréstimo pessoal para negativado é enorme.

Isso significa que quatro em cada dez adultos saudáveis no Brasil estão endividados.

Esse tipo de empréstimo pessoal para negativado não exige que a pessoa tenha o nome limpo nem no SPC, nem no Serasa.

Aqui você vai conhecer melhor esse tipo de empréstimo, assim como qual é a melhor maneira de pedi-lo e os cuidados que devem ser tomados para não piorar ainda mais a sua situação.

Por que e quando eu devo fazer um empréstimo pessoal para negativado?


Todos sabem que os empréstimos para negativados, dependendo do tipo de
empréstimo, podem ser complicados em termos dos juros, que são muito altos.

Mas os juros das dívidas atrasadas são infinitamente maiores do que nos empréstimos pessoais para negativados mais caros.

É por isso que a melhor hora para contratar um empréstimo pessoal para negativado é quando você já não consegue mais pagar as suas dívidas, que estão explodindo em juros.

Quais são as modalidades de empréstimo pessoal para negativado?

O empréstimo pessoal para negativado não é fácil de encontrar, mas vamos te ajudar a entender como deve ser a busca.

A primeira coisa que deve ficar clara é que a grande maioria dos empréstimos desse tipo é com juros mais altos do que os empréstimos tradicionais, e você deve fazer uma conta importante antes de tomar a
decisão.

O que é mais possível de ser pago, os juros descontrolados das suas dividas antigas, ou as parcelas desse novo empréstimo, sem esquecer-se de colocar na conta os seus gastos fixos, como as contas daqui para frente.

Se o empréstimo para negativado cabe no seu orçamento, siga os passos seguintes.

Não aceite um empréstimo que você não tenha certeza de poder pagar.

Primeira modalidade, empréstimo consignado

O empréstimo consignado é uma das melhores, senão a melhor opção de
empréstimo pessoal para negativado.

Isso ocorre porque no empréstimo consignado os juros, ao invés de serem altos, são mais baixos, já que independentemente do tomador de empréstimo estar em situação de negativação, o pagamento das parcelas está garantido, já que as parcelas são descontadas diretamente, ou no pagamento do salário do tomador de empréstimo, ou no beneficio, como o de aposentadoria.

É possível até mesmo descontar o empréstimo no beneficio de prestação continuada, o conhecido LOAS, que é dado para pessoas pobres e idosas ou deficientes.

Isso garante que as parcelas serão pagas, mesmo que o tomador do empréstimo pessoal para negativado do tipo consignado esqueça-se de pagar.

Empréstimo de financeiras

Existem empresas que não tem toda aquela estrutura dos grandes bancos, não estou falando de estrutura física, estou falando em burocracia.

Essas empresas funcionam de maneira simples, elas captam dinheiro no mercado, muitas vezes em grande quantidade, a baixos juros, pois quando uma empresa grande faz um empréstimo, com a burocracia da instituição que vai emprestar o dinheiro investiga a miúde a situação patrimonial da empresa, e como o lucro será alto, já que em grandes empréstimos, mesmo a juros baixos, se arrecada muito em uma única operação, é viável para a instituição conceder o empréstimo.

O que isso significa para quem vai pedir o empréstimo?

Que essas empresas não estão fazendo nenhum favor, mas que devemos pensar bem antes de fazer um empréstimo como esse.

Quais as instituições que oferecem empréstimo pessoal para negativado?

Todas as grandes instituições financeiras oferecem empréstimo consignado, mas em relação aos empréstimos não consignados, as financeiras, que como já dissemos conseguem os recursos a baixo preço e podem oferecer crédito a custos altos e baixas exigências, são diversas.

Vamos te mostrar apenas 3, para você ter uma ideia e saber por onde começar.

Não se esqueça de pesquisar, pois sempre podem surgir novas empresas e devem existir taxas de juros bem menores do as que iremos mostrar apenas como exemplo.

Emprestimo pessoal para negativado Moneyman

Moneyman – Taxa de juros 11,7 a 15,7% ao mês e valor máximo do crédito R$ 3000

Emprestimo pessoal para negativado Simplic

Simplic – Taxa de juros 15,8 a 17,9% ao mês e valor máximo do crédito R$ 3000

Emprestimo pessoal para negativado Crefisa

Crefisa – Taxa de juros 19,4% ao mês e valor máximo do crédito dependendo do perfil do cliente.

70 Partilhas

Sobre o Autor

Fernanda Claudia

Fernanda Claudia

Possui certificados e especializações em finanças corporativas e gestão de investimentos da University of California Berkeley Extension.